Ir direto para menu de acessibilidade.

Histórico

Acessos: 20602

A Biblioteca da Universidade Federal de Lavras (BU/UFLA) teve seu início no Centro Histórico da Escola de Agricultura de Lavras (ESAL), organizada de forma simples, com o objetivo de contribuir com os estudantes de agronomia daquela época.

Inicialmente a Biblioteca Universitária funcionava no Pavilhão Odilon Braga, numa sala à esquerda da entrada principal do prédio. Ao seu lado, funcionava a Secretaria e a Diretoria da ESAL.

Segundo arquivos e informações pessoais, a Biblioteca Universitária teve o seu início em 1958, porém não há qualquer documento oficial de criação ou inauguração.

Em 1961, havia um amontoado de livros registrados com o nome de Biblioteca e, com a federalização da instituição, a maior parte desses livros foi encaminhada para o Instituto Presbiteriano Gammon.

Em 1965, os poucos livros e revistas, certamente doados, foram higienizados e organizados nas estantes em ordem cronológica. Nessa mesma época, foi elaborada a primeira lista de livros básicos do curso de Agronomia, exigidos pelo MEC, para serem comprados. No final dos anos 60 a Biblioteca funcionou no prédio do atual Museu Bi Moreira. 

Em 1970 foi criada a primeira Comissão de Biblioteca, formada pelos professores Américo Iório Ciociola (1º Presidente da Comissão), Luiz Carlos Gonçalves Costa, Luiz Henrique de Aquino e Wilson Ferreira Gomes. A primeira reunião desta comissão foi realizada em 5 de outubro de 1970.

Em setembro de 1979, após o término da construção do seu prédio próprio, a Biblioteca foi transferida para o novo Campus, onde funciona atualmente. Nessa época o prédio contava apenas com a 1ª ala. Em 1983, foi inaugurada a 2ª ala e em 2008, durante as comemorações dos 100 anos da UFLA e do cinquentenário da Biblioteca, foi inaugurada a 3ª ala. (Figura 1)

Figura 1 – Prédio da Biblioteca Universitária

Em 2006, foi implantado na biblioteca o software Pergamum, um sistema informatizado de gerenciamento de dados, direcionado aos diversos tipos de Centros de Informação, que contempla as principais funções de uma biblioteca, com o objetivo de facilitar sua gestão, melhorando a rotina diária dos serviços oferecidos aos usuários. Atualmente, o Pergamum é utilizado em mais de 10 mil bibliotecas e está presente em mais de 600 instituições no Brasil e no exterior.

Ainda em 2006, a Biblioteca da UFLA, com o apoio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PRPG), passou a disponibilizar os arquivos eletrônicos das dissertações e teses produzidas na UFLA na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD), utilizando o sistema denominado TEDE Modular. O Sistema TEDE, desenvolvido pelo Ibict, teve como objetivo proporcionar a implantação de bibliotecas digitais de teses e dissertações nas instituições de ensino e pesquisa e sua integração à Biblioteca Digital de Teses e Dissertações nacional.

Em 2008, o sistema TEDE Modular foi migrado para o TEDE simplificado. Após esta mudança, os procedimentos que os alunos deviam seguir após a defesa foram reestruturados em um documento intitulado “Trâmites pós-defesa”. Assim, a biblioteca passou a gerenciar a permissão de disponibilização dos arquivos por meio do Termo de Autorização para Publicação Eletrônicas na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFLA.

Em 2011, através do Projeto Incluir, do Ministério da Educação, foram disponibilizados computadores para atender usuários com necessidades visuais. O projeto destacou-se na criação do Núcleo de Acessibilidade da Ufla – Naufla, responsável por fomentar as políticas e ações de acessibilidade, garantindo que condições didático-pedagógicas fossem cumpridas.

Em outubro de 2011, foi lançado, durante a VI Semana do Livro e da Biblioteca (SLBU) da UFLA o serviço de empréstimo de computador portátil aos usuários da Biblioteca. A aquisição e o empréstimo de notebooks faz parte da política de inclusão digital da UFLA permitindo  o acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), principalmente aos estudantes com vulnerabilidade socioeconômica. Este projeto da Biblioteca Universitária demonstra o compromisso da UFLA com a democratização do acesso à informação de forma equitativa, respeitando a ética e os valores humanos. O projeto, inovador nos serviços de empréstimos domiciliares em bibliotecas, proporciona o acesso ao computador fora dos espaços da universidade e serviu como referência para implantação ou estudos de viabilização do serviço em outras universidades. 

Em janeiro de 2020, a Organização Mundial de Saúde classificou como pandemia a disseminação e infecção dos seres humanos por coronavírus (Covid-19), orientando uma série de medidas restritivas da circulação de pessoas em todo o mundo. Diante deste contexto e com a retomada das atividades letivas de graduação e pós-graduação por meio do Estudo Remoto Emergencial (ERE), houve um aumento da demanda por recursos educacionais digitais e atendimento virtual aos usuários da biblioteca. Neste mesmo ano, foram adquiridos 491 novos notebooks para que os discentes pudessem retomar a condução das atividades de estudo realizadas, emergencialmente, de forma remota. Os novos equipamentos permitirão que os discentes acessem rotineiramente recursos educacionais digitais, Campus Virtual (Moodle), ferramentas do Google Classroom e bibliotecas virtuais, possibilitando cursar as disciplinas e realizar trabalhos escolares.

Em 2012, seguindo o movimento mundial de acesso aberto à produção científica, foi implantado o Repositório Institucional da Universidade Federal de Lavras (RIUFLA). O RIUFLA é um sistema eletrônico que armazena a produção intelectual da UFLA em formato digital e permite a busca e a recuperação para seu posterior uso tanto nacional quanto internacional através da rede mundial de computadores.

O RIUFLA tem como missão coletar, disseminar, preservar e fomentar o acesso aos recursos digitais criados pela comunidade acadêmica da UFLA, promovendo o intercâmbio intelectual, a criatividade, a originalidade, o conhecimento, a inovação e atuando como uma vitrine para a divulgação das pesquisas de alto nível desenvolvidas nesta universidade, atualmente e no passado. O acervo do RIUFLA é composto pelas teses e dissertações defendidas na UFLA, artigos científicos, livros eletrônicos, capítulos de livros e trabalhos apresentados em eventos pelos seus professores, técnicos e pesquisadores. Em 2020, os trabalhos de conclusão de curso de graduação também passaram a ser disponibilizados no RIUFLA, através da migração de dados do Sistema Integrado de Processos (SIP) para o RIUFLA. 

Com o objetivo de revitalizar a segurança e o monitoramento do acervo, otimizar o serviço de empréstimo e, consequentemente, melhorar a qualidade do atendimento, a Biblioteca iniciou, no final do ano de 2012, a implantação de um sistema de segurança e gestão de acervo, composto por equipamentos e tags (etiquetas) que se comunicam por meio de radiofrequência, com o RFID. A implantação do projeto denominado Sistema de Radiofrequência – RFID: segurança, identificação e gerenciamento do acervo da Biblioteca da UFLA, permitiu a automação de inúmeras operações para o usuário, como o auto empréstimo, a autodevolução e tornou a realização do inventário do acervo mais eficiente.

Como atividade extensionista, em outubro de 2013, foi implantado o Projeto de Biblioteca Itinerante, parte do Ônibus UFLA, onde o principal objetivo era a promoção da cidadania por meio da educação e cultura, favorecendo o processo de formação social. Este projeto proporcionou expandir as fronteiras do espaço tradicional da Biblioteca Universitária e incentivar o hábito e o prazer pela leitura em Lavras e região, oferecendo empréstimo de livros, exposições didático-científicas e atividades lúdicas e culturais.

Como atividade cultural e de conhecimento, a biblioteca promove anualmente a “Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA” (SLBU), originária pelo Decreto Nº 84.631 de 09 de abril de 1980, com início em 23 de outubro e término em 29 do mesmo mês, sendo a última data consagrada ao Dia Nacional do Livro, pela Lei 5.191de 18 de dezembro de 1980. Conforme o decreto, nesta semana, atividades folclóricas e culturais devem ser levadas a efeito em todo o país. Conhecida como SLBU, esse evento é uma realização da Universidade Federal de Lavras e é organizado, anualmente, pela Biblioteca da UFLA, que instituiu uma Comissão para os preparativos das comemorações. Cabe o destaque para as edições de 2013 e 2014 que homenagearam Vinícius de Moraes e Chico Buarque respectivamente.

Em 2014, com o objetivo de facilitar os trâmites pós-defesa, as fichas catalográficas para dissertações e teses passaram a ser elaboradas por meio do Sistema de Geração Automática de Ficha, com dados de identificação da obra fornecidos pelo próprio autor. Com esta inovação, as fichas para monografias, TCCs e relatórios de estágios, também podem ser geradas por este sistema. Anteriormente, para a obtenção da ficha catalográfica das dissertações e teses, era necessário que o autor enviasse seu arquivo por e-mail, juntamente com a cópia da ata de defesa e a sugestão das palavras-chave a serem utilizadas. Para a ficha catalográfica de outros tipos de materiais bibliográficos editados na UFLA como livros, textos acadêmicos, anais de eventos, entre outros, a solicitação permanece sendo realizada através de e-mail enviado ao Setor de Processamento Técnico.

Em 2015, houve a implantação do Serviço de Referência Virtual, via Chat, que consiste em fornecer um novo meio de comunicação entre o usuário e a Biblioteca, visando atender às expectativas desse usuário atual, que, acostumado às novas tecnologias, espera serviços mais modernos e práticos por parte da biblioteca.

Em 2018, iniciou-se a reforma e ampliação da Biblioteca da UFLA. As obras contemplaram a ampliação do espaço em mais de 1.000 m2 para extensão dos ambientes de estudo, instalação de novos banheiros, novos setores administrativos e outros ambientes. Além disso, houve a troca do telhado, do piso, das esquadrias e vidros. Apesar do transtorno e desconforto gerado pela reforma e ampliação à comunidade, a medida contemplou demandas apresentadas pelos usuários e foi essencial para maior comodidade na utilização dos serviços da biblioteca e qualidade no atendimento. Durante a reforma e ampliação,  o serviço de empréstimo de livros e demais materiais passou a ocorrer por meio de acervo fechado, onde o usuário pesquisa a obra desejada nos terminais de consulta, anota o número de chamada, vai às mesas de atendimento e um servidor localiza a obra nas estantes para efetuar o empréstimo. A reforma foi finalizada e entregue no início de 2021.

A evolução das bibliotecas virtuais desafia o conceito do que a biblioteca é em função do que deveria ou poderia ser. Os materiais impressos como os livros serão sempre uma parte das coleções de bibliotecas, mas a mudança para o trabalho com redes e recursos eletrônicos locais apresenta possibilidades excitantes para a reengenharia do desenvolvimento de coleções e dos processos de aquisição (MARCHIORI, 1997). Nesse contexto, dentro do PDI, foi proposta a aquisição de acervos digitais. 

A partir de 2018, os alunos de graduação, pós-graduação e servidores da UFLA passaram a ter acesso a plataformas de livros eletrônicos (e-books) Minha Biblioteca, Biblioteca Virtual da Pearson e aos e-books de acesso perpétuo da EBSCO. Os e-books são de diversas áreas do conhecimento, em língua portuguesa, podem ser lidos de forma remota, estão disponíveis 24 horas por dia e podem ser acessados por meio do catálogo on-line da Biblioteca.

Em 2020, a Universidade Federal de Lavras (UFLA) implantou uma reestruturação administrativa, que alterou a organização de suas unidades acadêmicas. A Instituição passou a ser organizada em faculdades, escolas e institutos, congregando os diferentes grupos de departamentos, cursos de graduação e programas de pós-graduação. A nova estrutura organizacional foi aprovada pelo Conselho Universitário (CUNI) em 22 de maio de 2020 (Resolução CUNI nº 025), após análise e encaminhamentos feitos também pelo Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (CEPE). Com a reestruturação, a Biblioteca Universitária, antes subordinada à Reitoria, tornou-se uma coordenadoria vinculada à Diretoria de Regulação e Políticas de Ensino (DRPE/PROGRAD). Sua estrutura organizacional passou a ser composta pela Coordenadoria Geral de Biblioteca, Comissão Técnica, Coordenadoria de Desenvolvimento do Acervo e Coordenadoria de Informação e Serviços.

Nesses cinquenta anos, a Biblioteca teve dez diretores, conforme mostra o quadro abaixo: 

Quadro 1 – Diretores da Biblioteca Universitária (1966/2020)

  Nomes Período Anos
Carlos Moreira Santos 1966 – 1975 09 anos
Dorval Botelho Santos 1976 – 1991 15 anos
Maria Helena de Castro 1992 – 1996 4 anos
Maria Aparecida de Carvalho 1996 – 2000 4 anos
Maria Helena de Castro 2000 – 2004 4 anos
Antônio Máximo de Carvalho 2004 – 2008 4 anos
Vânia Natal de Oliveira 2008 – 2012 4 anos
Nivaldo Calixto Ribeiro 2012 – 2016 4 anos 
Nivaldo Calixto Ribeiro 2016 – 2019 3 anos
10º Eduardo César Borges 2019 – 2020 1 ano 

 

Quadro 2 – Coordenadores Gerais da Biblioteca Universitária  (2020)

  Nomes Período Anos
Rafael Chaves Alem Martins Atual

 

Quadro 3 – Cronologia da Biblioteca Universitária

1958 1º ano Poucos livros doados por professores, alunos e servidores
1961 3 anos Amontoado de alguns livros sem nenhuma organização
1965 7 anos Poucos livros e revistas foram submetidos à uma limpeza
1966 8 anos Data de criação da biblioteca, sem registro documental
1970 12 anos Criada a primeira Comissão de Biblioteca
1979 21 anos Biblioteca mudou para o Campus novo em prédio próprio
1983 25 anos Foi inaugurado a 2ª Ala da Biblioteca
2004 46 ano I Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2006 48 anos Implantação do Sistema de Gerenciamento de Bibliotecas Pergamum
2006 48 anos Criação da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD)
2007 49 anos II Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2008 50 anos III Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2008 50 anos 50 anos Centenário da UFLA – Status de Biblioteca Universitária
2008 50 anos Inaugurado a 3ª Ala da Biblioteca
2009 51 anos IV Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2010 52 anos V Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2011 53 anos VI Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2012 54 anos VII Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2012 54 anos Implantação de auto serviços com tecnologia RFID
2012 54 anos Criado o Repositório Institucional (RIUFLA)
2013 55 anos Projeto Biblioteca Itinerante – ônibus UFLA
2013 55 anos VIII Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA – Homenagem a Vinícius de Moraes
2013 55 anos Lançado o Projeto Biblioteca Itinerante
2014 56 anos IX Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA – Homenagem a Chico Buarque
2015 57 anos Implantação do Serviço de Referência Virtual
2018 60 anos Início da utilização e aquisição de livros eletrônicos
2018 60 anos Início da reforma e ampliação do prédio da Biblioteca Universitária
2021 63 anos Fim da reforma e ampliação do prédio da Biblioteca Universitária

 

Atualizado pela Coordenadoria Geral da Biblioteca em julho de 2021.

Criado por Vânia Natal de Oliveira, 2011.